quarta-feira, 25 de setembro de 2013

A Literatura Nazi nas Américas

A Literatura Nazi nas Américas é um livro do escritor chileno Roberto Bolaño.
Bolaño, cujo nome ressoa profundamente na literatura da actualidade (sobretudo depois do sucesso de 2666), era um escritor grandemente marcado pelas circunstâncias em que cresceu e se desenvolveu. À semelhança de outros escritores chilenos (afectos aos partidos de inspiração marxista-leninista) foi profundamente marcado pelo regime de Salvador Allende e pela ditadura de Augusto Pinochet.
A Literatura Nazi nas Américas sofre, no nosso entendimento, dessas influências. Sendo um livro marcado por esse facto não deixa de constituir uma obra muito original e interessante de seguir. A ideia de traçar o perfil bibliográfico de escritores sul-americanos apoiantes do ideário nazi está muitíssimo bem construída e desenvolvida. As personagens, embora inventadas, são inspiradas em individualidades reais e são o reflexo de uma visão sobre o totalitarismo nazi. Apesar do quadro negro em que são pintadas estas figuras não são o mero fruto de uma visão maniqueísta sobre o mundo mas o arquétipo representativos da realidade.
A Literatura Nazi nas Américas é um óptimo e singular livro que desenvolve uma ideia excepcional e é sem dúvida uma obra a ler.

1 comentário:

Filipe de Arede Nunes disse...

A da análise/crítica de A Literatura Nazi das Américas corresponde ao ducentésimo texto publicado neste blogue que tem sofrido da falta de tempo do seu autor para a leitura de romances. A todos os nossos leitores, muito obrigado!