quarta-feira, 16 de março de 2011

Marlboro Sarajevo

Marlboro Sarajevo é um livro de contos do escritor bósnio, nascido em Sarajevo, Miljenko Jergović.
Não é habitual fazermos aqui comentários a livros de contos. É um estilo que raramente temos oportunidade de ler mas que, de quando em vez, suscita a nossa curiosidade. Ademais, é relativamente fácil lê-los. E, no caso de Marlboro Sarajevo, foi com enorme prazer. São cerca de trinta contos, muitíssimo bem escritos.
Miljenko Jergović é um autor da ex-Jugoslávia, nascido em Sarajevo Bósnia e Herzegovina, mas que vive, actualmente, em Zagreb na Croácia.
A riqueza cultural dos Balcãs é atestada pela profusão linguística de uma miríade de povos unidos, durante muito tempo, sob o jugo ditatorial de Tito. É um país de uma extraordinária beleza e de uma história intemporal.
Marlboro Sarajevo é, manifestamente, o reflexo das várias guerras nos Balcãs, com particular destaque para aquela que viria a conduzir ao fim da Jugoslávia. Escrito e publicado durante o certo a Sarajevo, os livros deste conto ilustram a realidade melancólica e tristemente apática da guerra e dos seus efeitos sobre os indivíduos e objectos. Sendo cru não é excepcionalmente violento.
Jergović pareceu-nos um autor dotado. Escreve com simplicidade e clareza e os contos são belos (uma beleza triste) e profundos. Existem, certamente, outras formas de contar a guerra e a destruição, mas neste livro Jergović soube faze-lo poeticamente.
Marlboro Sarajevo foi uma muito agradável surpresa. A literatura não se faz exclusivamente de autores anglo-saxónicos e de histórias de vampiros. A realidade é quase sempre mais inventiva que a própria ficção e por isso este livro de Jergović é, claramente, muito recomendável.

1 comentário:

Lívia disse...

Olá! Gosto muito do seu blog e estou sempre por aqui, por isso te indiquei para o Prêmio Dardos =)
abs!