segunda-feira, 12 de julho de 2010

O Exílio e o Reino

O Exílio e o Reino é um livro de Albert Camus que reúne um conjunto de seis novelas dedicadas à reflexão sobre o conceito de exílio.
Ao longo dos últimos anos temos vindo a ler com cada vez maior entusiasmo e satisfação a bibliografia deste autor/filósofo francês de origem argelina e já nenhuma dúvida resta que é, indubitavelmente, um dos maiores escritores da história da literatura.
Camus é um autor de uma profundidade esfusiante, brilhante na arte de compreender o indivíduo e de fazer reflectir essa compreensão da natureza intrínseca do Homem em belas narrativas repletas de intensidade e significado. Em O Exílio e o Reino encontramos, mais uma vez, essas capacidades expressas de forma absoluta e inquestionável.
Pode haver quem diga, e haverá certamente, que Camus não é o mais fácil dos escritores e que nem sempre a mensagem é a mais clara. Pode-se até dizer que a densidade filosófica das suas obras torna difícil encontrar o seu mais intimo significado e que a sua erudição é contraproducente no panorama literário da actualidade. O que se não pode dizer é que as suas novelas não são do mais perfeito que foi escrito no século XX ou que as suas alegorias e metáforas não representam a virtude da arte da escrita.
Camus é um dos nossos autores favoritos e lemos cada um dos seus livros com avidez e com uma nítida sensação de cometermos um pecado. Camus é um autor extraordinário e a sua leitura obrigatória!

Sem comentários: