quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

A biblioteca transmissivel: o nascimento.


Existem dois géneros de pessoas: as que lêem e as que não lêem.
Talvez se pudesse dividir o mundo desta forma tão simplista. Afinal, quantas formas de catalogação existem sem que levantemos qualquer género de objecção?
Este blog é o de uma pessoa que lê. E lê compulsivamente.
Temos conhecimento da existência de inúmeros blogs sobre a temática dos livros, o que não obsta – porque a paixão é irracional – a que nos lancemos neste projecto de dar a conhecer ao mundo as obras que nos têm marcado ao longo da nossa existência.
Este blog não obedecerá a mais nenhum critério que não seja o dos gostos pessoais do autor, ou seja, praticamente tudo. Escreverei sobre todos os livros que vier a ler, e em muitos momentos, sobre os livros que li no passado.
Esta será a minha biblioteca transmissível, e aqui, todos dizem o que pensam.

Sem comentários: